Oxford

Em 2018 fui vencedora do 4o Prêmio Oxford de Design, concurso nacional promovido pela Oxford, maior fabricante de porcelana e cerâmica de mesa das Américas. O prêmio teve como tema “Folclore pelo mundo: o encontro da imaginação com a arte”, e meu projeto “Destemida Iara” foi selecionado pelo júri técnico composto pelo designer Marcelo Rosenbaum, a diretora da revista Casa Vogue Taissa Buescu e o designer de mobiliário Zanini de Zanine.

A linha “Destemida Iara” teve inspiração na história de origem indígena também conhecida como “Lenda da Mãe d’água”. Iara era uma guerreira e teve sua vida ameaçada pelos próprios irmãos, que não aceitavam sua posição de igualdade na luta. Para mim, ela é símbolo de resistência feminina. É uma história ancestral que retrata o movimento tão atual de luta das mulheres para garantir seu espaço e sua voz.

Após mergulhar no tema do folclore e ler bastante sobre lendas de várias partes do mundo, a decisão por Iara veio enquanto ouvia a música “Reconvexo”, de Caetano Veloso, que também fala da guerreira indígena. Depois de tanta pesquisa, a intuição foi mesmo quem deu a última palavra na escolha do conceito.